Publicado por: Alba Bloechliger | 08/10/2009

ARMAGEDOM

Megido era o nome de uma cidade fortaleza antiga em uma planície entre a cordilheira de montanhas do Monte Carmelo na fronteira ocidental da Palestina e as colinas ao sudoeste do mar da Galiléia. A expressão “Armagedom” ou “Har Mageddon” significa literalmente “colina de Megido”. O monte de Megido seria um dos montes nesse vale ou planície de Megido, também conhecido como Esdraelom, ou Jezreel no Velho Testamento.

A batalha do Armagedom acabou. Apocalipse retratou Roma em símbolos dramáticos que descrevem seus aspectos diferentes: A besta do mar (Roma Imperial), a besta da terra (a idolatria religiosa de Roma), e a grande meretriz (a imoralidade e a devassidão de Roma). O dragão (Satanás) usou Roma para tentar destruir o reino de Cristo, sua igreja. Apesar de Roma ter matado cristãos, o evangelho finalmente triunfou sobre Roma Imperial. O conflito espiritual entre Roma e Cristo é retratado como o clímax de uma grande batalha em Har Mageddon.

Pelo uso do nome Armagedom, alguém com um conhecimento das Escrituras pensaria em uma batalha decisiva por esse simbolismo. Essa área era conhecida por suas batalhas decisivas. Gideão derrotou os midianitas lá. Débora derrotou Sísera lá. Egito ganhou uma grande vitória lá, matando o rei Josias. De fato, durante a Primeira Guerra Mundial, ao estudar estas batalhas na Bíblia, o general Allenby planejou um ataque aos turcos através desta planície, surpreendendo e derrotando-os. Então se você quisesse retratar um conflito decisivo, que simbolismo melhor do que Har Mageddon, ou um na colina de Megido?

A batalha não era literal, assim como a besta com 7 cabeças não era literal, e nem as rãs saíam literalmente de sua boca (Apocalipse 16:13-14); também não havia uma meretriz literal sentada sobre a besta (Apocalipse 17:3). Fala-se do clímax do conflito espiritual como se acontecesse em Armagedom (Apocalipse 16:16). Eu já disse que esta batalha está no passado, não no futuro. Afinal, Roma caiu. O evangelho permaneceu. A batalha é descrita em Apocalipse 19:11-21.

Agora olhe os primeiros três versículos do Apocalipse. João estava tendo uma visão das “coisas que em breve devem acontecer”. O tempo delas estava “próximo.” Assim o livro era sobre as coisas que estavam a ponto de acontecerem na perseguição dos cristãos naqueles dias. Mas foram assegurados da vitória. Após a vitória, o reino de Cristo foi validado no mundo e Cristo estenderia seu reino por “mil anos” (uma quantidade longa e indefinida). Após aquele período o fim viria e o julgamento aconteceria, e o universo acabaria (Apocalipse 20:10-12). Então até aquela vitória e a derrota da besta (Roma), o livro estava tratando por seu próprio testemunho, das “coisas que em breve devem acontecer” naquela época. Isso inclui tudo no livro até os 1.000 anos em Apocalipse 20. Tudo no livro antes daquele capítulo estava para “em breve acontecer” quando João escreveu.

A mensagem do Apocalipse não é sobre os Estados Unidos, a China, o mercado comum europeu ou sobre qualquer outra nação de hoje. Há princípios no livro sobre o que eventualmente acontecerá a toda a nação que persegue o povo de Deus como Roma o perseguiu, mas as coisas que realmente discutiu estavam para “em breve acontecer”. As pessoas têm jogado jogos teológicos irresponsáveis com o livre do Apocalipse, ignorando o que o próprio livro diz sobre si. Quase toda geração tenta encontrar o cumprimento do livro em sua própria época, ou o que acham que está prestes a acontecer com eles. Isso é tolice e é errado.

– por Dale Smelser


Responses

  1. O apocalipse se repete, vamos analisar as metaforas: 7 cabeças cada cabeça ,com dez chifres e dez diademas. O numero 7 antigamente era para marca o territorio romano, no caso as 7 colinas e seus 7 imperadores. Traduzindo 7 cabeças estar se referindo a lugar.se fosse atualmente seria os 7 continentes com 7 lideres
    Illuminatis. Todos sabemos que os illuminas querem derrubar a igreja e unificar o mundo em um so religiao mundial. os illumitis sao divididos em ramifiçoes:
    maçonaria,rosacruz,skul of bones etc….. Os dez chifres sao os
    Os reis romanos

  2. MUITO BOM O COMENTÁRIO DO PEDRO, E ISTO PROVA QUE ELE CONHECE AS ESCRITURAS, AO CONTRÁRIO DO “DALE SMELSER” QUE AFIRMA QUE O APOCALIPSE JÁ ACONTECEU. ESTÁ TOTALMENTE EQUIVOCADO O SR DALE!!

    QUEVEDO

  3. Pedro,
    Aconselho-o a ler mais vezes o livro de Apocalipse e também alguns textos que temos neste blog sobre Apocalipse, assim voce poderá obter as repostas que necessita. Caso não concorde, ou não compreenda, ou ainda fique em dúvida, terei imenso prazer em ajudá-lo.
    Sinta-se a vontade para questionar mas primeiro leia mais sobre o assunto e dê ouvidos ao que diz a Bíblia e não as religiões.
    Que a paz esteja sempre contigo!

  4. E o arrebatamento? E os 144.000 selados? E onde está Jesus, pois na Segunda vinda Ele estará visível? E o cumprimento de 2 Tessalonissences? E o fato de muitos estarem dando ouvidos a espíritos enganadores e doutrinas de demônios? Jesus regerá as nações com vara de ferro. E o Consolador se encontra entre nós. E Satanás está solto por aí, como se sabe bem.

    E aí? O que me diz? Onde encaixamos estes pontos acima citados? Ou são apenas simbologias e figuras de linguagem? Ou será que ocorrerão dois a finais diferentes (!).


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: